Bem no meio da testa

-..-IICManager-Upload-IMG--RioDeJaneiro-sartana

Agora mesmo acabo de acertar,

bem no meio da testa, um
fantasma de barbas longas e
brancas, cabelos longos e
brancos . Aí ele desabou no
vazio, foi só o que vi. Papai
Noel, Karl Marx, Walt Whitman,
o mago da Terra Média, o
Conselheiro ou aquele Deus
das telas? Não sei dizer. Mas
garanto, foi um tiro certeiro,
bem no meio da testa.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Poesia

2 Respostas para “Bem no meio da testa

  1. Jorge Ribeiro

    Ao ouvir um estampido corri até a janela e vi um homem caído ao chão.
    Não sei quem morreu, mas agora sei quem atirou!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s