Horda

O tirano resta no
frigorífico. Todos
o querem cabeça,
tronco, membros:
uma faca amolada
a euforia da horda.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Poesia

7 Respostas para “Horda

  1. o tirano, a tirania dos dias, a lamina do espetáculo

    abraço

  2. Grant

    Apesar da fama. Tiranos. Tiramo-los. Aqui, na áfrica, no Orientre Médio e pra lá de Marrakesh.

  3. Grant

    Apesar da fama. Tiranos. Tiramo-los. Aqui, na áfrica, no Oriente Médio e pra lá de Marrakesh.

  4. Grant

    Se oriente, rapaz

  5. Grant

    Que fique, clarfo, o desorientado sou eu, Que escrevi Orientre,

  6. Grant

    Que fique clarfo, esquece,

  7. akira yamasaki

    Salve, Nilson Galvão

    Poema inquietante demais.
    Tiranos e hordas como em todo o sempre.
    O grande circo.

    Um grande abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s