Profecia de hoje

As convicções se perdem com

tanta certeza que me deixo

levar por essa balbúrdia lá fora.

Me confunde a integridade

das coisas, isso de se deixarem

quebrar e seguirem, ainda coisas.

Então creio no que não se crê: no

que se quebra e volta a se quebrar,

e se perde e volta a se perder, e se

vira.

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Poesia

6 Respostas para “Profecia de hoje

  1. Edu

    Só acredito nisso. Não dá para confiar nas coisas que fingem não quebrar.

  2. Vc é mesmo incrível: “Me confunde a integridade

    das coisas, isso de se deixarem

    quebrar e seguirem, ainda coisas”. Colocou em versos o que penso.

  3. As convicções declaram guerra à balbúrdia lá fora. Mas há uma poesia imbatível em perder a guerra de vez em quando.

  4. Nilson, querido amigo,
    você me entende se eu disser que adorei o poema e não sei o que dizer?

    Bj

  5. Nydia Bonetti

    “As convicções perdidas com tanta certeza”

    Nem imagina como este poema me toca hoje, Nilson… Beijo.

  6. tistu

    Eh, essa casa. Sempre cheia de espelhos!
    Faz bem ler suas coisas.
    Beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s