Enquanto as fotos não vêm…

…quero dizer, sem boçalidade: nunca imaginei que pudesse ser tão gostoso lançar um livro.

Gostoso porque as coisas fluíram; porque as pessoas estavam de alto astral; porque a estratégia bolada generosamente por Marcus Gusmão foi fundamental nesse envolvimento de todos; porque nossa interação foi espetacular e Maria Sampaio é tudo de positivo; porque a coleção Cartas Bahianas de Claudius Portugal, Marcelo e André é um charme e um acontecimento em si; e  porque a Pirâmide do Rio Vermelho é hoje, talvez, o espaço cultural mais bacana de Salvador.

Muita gente me falando, meio surpresa, do quanto eu estava relaxado: nem tanto, inclusive cumprimentei duas vezes algumas pessoas (o HD batendo biela e o tímido meio zonzo com tamanha agitação).

Feliz, sim: muito feliz. Day after de euforia, boa euforia tipo, sei lá, quando o Brasil ganha a Copa do Mundo.

Euforia plantada na realidade: vai passando organicamente, mas você curte os hormônios ainda inquietos, sensação legal de que DEU TUDO CERTO.

Uma única, singela palavra a todos: obrigado!

É isso. Por enquanto, é isso!!!

Anúncios

12 Comentários

Arquivado em Poesia

12 Respostas para “Enquanto as fotos não vêm…

  1. Shirley Stolze

    Adorei os livros e encontrei muita gente legal.Voce e Maria merecem.Bjsss

  2. Parabéns pelo sucesso no lançamento do livro,que além de Belo no conteúdo ,também o é na sua concepção. Parabéns a P55 e também à Maria.
    Os livros são ótimos !!

  3. Edu

    Fiquei tão triste em perder este acontecimento! Mas recebi teu recado, autógrafo, livro. Recebi a maravilha contida ali dentro daquela Caixa Preta. obrigado e desculpe a ausência. abraço

  4. Luisa Freire

    Acredito que tenha sido realmente muito bom esse acontecimento. Como, infelizmente, não pude estar aí, o jeito é aguardar o lançamento do próximo livro… De qualquer maneira, aceitem meus calorosos parabéns.

  5. kátia borges (Crear)

    Nilson

    Eu fui uma das pessoas que teve o prazer de ser cumprimentada duas vezes por vc. Sua alegria estampava num sorriso que era só acolhimento e gratidão. Adorei estar presente e fazer parte, em alguma medida, do astral que foi o evento. Qto aos livros, conteúdo e forma, maravilhosos.

    Bjs,

  6. Que felicidade partilhar dessa festa linda, leve, alegre. Estou até agora degustando os livros.
    Parabéns, de novo.

  7. Pingback: Versão de Nilson « Prosa & Poesia

  8. Parabéns, Nílson! Os grandes dias sempre chegam… e são inesquecíveis.

  9. Caro Nilson que bom que você gostou do poema, estou ansioso por ler os livros, já tenho alguns da coleção e é sempre uma delícia ler este livros.
    P.S, não tenho teu email. O meu é : georgiorios@gmail.com

    me manda teu email.

    Sempre que tiver novidades te mando!!!!Um abração ]!!!

  10. Nilson, tudo tem a ver também com a disposição de vocês dois para a leveza e alegria, sabe… Então, o astral foi só multiplicando…
    Cheguei tarde lá, mas deu pra sentir o clima tão bom…
    E esta ressaca dura uns dias gostosos ainda…
    Para nós, fica a alegria de ter os livros de vocês para ler!
    Abraços!

  11. Cadê a galeria de fotos, para os que lá não foram? Luís Antonio Cajazeira Ramos foi pegar meus livros, mas ontem não levou para a Fundação Casa de Jorge Amado, agora só amanhã.
    Já soube que foi tudo maravilhoso. Só poderia ter sido maravilhoso. A alegria de vocês é também maravilhosa.

  12. Já disse no Continhos e repito: lindos como vcs são, não poderia ter sido diferente!
    Essa semana foi uma loucura, mas passei a terça pensando em vocês.
    Bjs,
    Renata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s