Ciranda

Somos crianças da história,

brincamos de seus enredos.

A história, corda esticada,

faz arte de nossos medos.

Anúncios

10 Comentários

Arquivado em Poesia

10 Respostas para “Ciranda

  1. Adorei tbm! Tem até uma certa musicalidade, daquelas cantigas de roda, embora o conteúdo seja de grande maturidade. Abraço!

  2. Dez para a concepção e onze para a realização.

  3. e como roda esta ciranda…

  4. forte, e lindo.Poesia que se ouve e que dança dentro do juizo!!!!Parabéns poeta.Não vou poder estar no lançamento mais quero acertar a comprar via correios e depósito em banco se puder!!!

  5. Gostei MUITO, Nilson!
    Janaína, historiadora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s