Razão pura

Entendeus?

Não, não deus.

 

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Poesia

Uma resposta para “Razão pura

  1. Marcus

    Só porque sou seu amigo, antes que Márcia ou Ana Lívia lhe estraçalhe, vou explicar aqui para os demais que esta foi intencionalmente trash.
    Adeus.
    Quer dizer, fui.

    Foi e não foi. Quer dizer: a proposta continua sendo a de seguir pedalando, fazendo e publicando, então vai ser irregular, mesmo; mas não tem essa de trash, não trash. São investigações, e essa é de um irracionalismo trocadilhesco que não me desgosta assim, não. No blag há outras mais, digamos, solenes, e que talvez não sejam assim essas brastemps. E acho bobagem institucionalizar isso aqui!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s