Você não

PICT0317

Vista do alpendre, casa 151 da rua Pernambuco, Caetité-Ba

Você não mudou nada, tão
diferente não mudou nada. Tão
claramente ficou para trás o que
evidentemente parecia mesmo que
era tão você. E ficou nada,
que nada, que no fim das contas
ficou mesmo claro que era só
você.
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s