Todas as palavras que são muitas

Ouço todas as palavras que são muitas

e mutantes ao redor do mundo. Fico pensando

em objetos, fantasmas, tudo que se mostra

com as palavras que são muitas. Fico ouvindo

e vendo e acariciando e elas me cheiram e

me apetecem. Queimo todas as palavras

que são muitas num fogo de gravetos no

fundo do quintal. Elas crepitam, se esfumam

e sobem aos céus. E são estrelas, e são

muitas.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s