Argonauta

 The Fragete Sarmiento 3

Ao longe o país encarnado, suas cores

imprevistas, suas hordas de criaturas intangíveis.

Ao longe a encarnação de palavras

em seres, coisas, evocações de coisas,

vacuidades imanentes. Ao longe as danças

e as flores, e as ancas da fantasia e seus

tênues acordes. Ao longe os homens

iluminados, os fogos fátuos, a luz de tochas

na velha noite. Ao longe um país encoberto.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s